MAGISTRADOS E SERVIDORES DA CIJ E CEJAI PARTICIPAM DO TREINAMENTO DO NOVO SISTEMA NACIONAL DE ADOÇÃO E ACOLHIMENTO

Home > MAGISTRADOS E SERVIDORES DA CIJ E CEJAI PARTICIPAM DO TREINAMENTO DO NOVO SISTEMA NACIONAL DE ADOÇÃO E ACOLHIMENTO Voltar

MAGISTRADOS E SERVIDORES DA CIJ E CEJAI PARTICIPAM DO TREINAMENTO DO NOVO SISTEMA NACIONAL DE ADOÇÃO E ACOLHIMENTO

Magistrados e servidores da Coordenadoria da Infância e Juventude (CIJ) e Comissão Estadual Judiciária de Adoção Internacional (Cejai), convocados por meio do Decreto Judiciário nº 272, de 11 de junho de 2019, participaram dotreinamento do Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento (SNAA), que substituirá o Cadastro Nacional de Adoção (CNA) e Cadastro Nacional de Crianças Acolhidas (CNCA). A capacitação, promovida pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), aconteceu nesta quarta-feira (19), na Universidade Corporativa (Unicorp) do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA).

O treinamento foi desenvolvido pela Servidora do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), Isabely Fontana de Mota, que faz parte do Comitê Gestor do novo sistema Nacional de Adoção e Acolhimento (SNAA). Também esteve presente a Servidora do CNJ Jordana Ferreira de Lima, para prestar auxílio no decorrer do curso.

Isabely Mota fez esclarecimentos sobre a implantação do novo sistema e destacou que a Bahia será um dos primeiros Estados a integrar todas as comarcas na utilização do (SNAA).

Isabely Mota
Servidora do Tribunal de Justiça do Espírito Santo

De acordo com a Instrutora Isabely, o novo sistema é mais completo e possui grandes diferenças. Os sistemas anteriores focavam na adoção e no acolhimento, já esse novo sistema, objetiva gerenciar toda a vida dos acolhidos em situação de vulnerabilidade, desde a primeira medida protetiva, até a saída do sistema. “Temos uma visão muito mais global, voltada para o melhor interesse daquela criança e adolescente”, pontuou.

A nova ferramenta inclui a integração do CNA e CNCA, alertas, envio de e-mail, vinculação automática, gerenciamento das adoções Intuitu Personae, estatísticas em tempo real, pré-cadastro e cadastro dinâmico de pretendentes.

A alimentação do site é o requisito essencial, pois, conforme explica Isabely Mota, para que as crianças não fiquem acolhidas além do tempo necessário, é indispensável a dedicação para a atualização do sistema.

Na oportunidade, Isabely apresentou o sistema do estado do Espírito Santo, implantado entre 2008 e 2018, como referência de resultados positivos: 77,8% das crianças e adolescentes acolhidos tiveram garantidas a convivência familiar e comunitária; 40,7% foram reintegrados aos seus genitores; 24,3% foram adotadas; 10,8 % estão sob guarda com uma família, extensa ou não; e 2% estão em processo de adoção.

Segundo Isabely Mota, o treinamento é prático e importante para que os discentes aprendam a utilizar o novo sistema de forma correta. A ferramenta entra em vigor a partir da primeira semana do mês de julho.

Fonte: Ascom

  • Calendário

    February 2024
    SMTWTFS
    1
    2
    3
    4
    5
    6
    7
    8
    9
    10
    11
    12
    13
    14
    15
    16
    17
    18
    19
    20
    21
    22
    23
    24
    25
    26
    27
    28
    29
      
    < Jan Mar >
  • Tags